quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Voluntariado: Simpósio europeu em Lisboa

Lisboa, 26 set 2012 (Ecclesia) – O simpósio de outono do Centro Europeu de Voluntariado realiza-se, em Lisboa (Seminário da Torre d’Aguilha), dias 19 e 20 de outubro e reúne especialistas nacionais e internacionais em várias áreas do saber. Com o tema «We’re in this together? Volunteering and age friendly societies» («Estamos nisto juntos. Voluntariado e sociedades amigas do envelhecimento») esta iniciativa aborda a temática do voluntariado no contexto do «Ano Europeu para o Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações 2012».

Espiritualidade

"situação trágica".

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Destaques da semana

TERÇA-FEIRA 25 : 21h15 -  Catequese familiar: A Família, o trabalho e a festa. Encontro para casais, no Centro Social e Paroquial, em Colares.

sábado, 22 de setembro de 2012

Equinócio do Outono hoje às 15h49

O esplendor do outono | IMAGENS |
«O outono é hoje de outro mundo. Imprime/ uma luz que diríamos abstrata./ Do que subtrai é que ilumina. O timbre/ é de um desfasamento que consagra/ a cesura, que entrega o imprevisível/ sem o vínculo algébrico das tábuas.» (Fernando Echevarría). O equinócio do outono de 2012 ocorre este sábado, 22 de setembro, às 15h49. A estação prolonga-se durante 90 dias, até 21 de dezembro, às 11h12
O equinócio é o instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, corta o equador celeste. A palavra de origem latina significa "noite igual ao dia", pois nestas datas dia e noite têm igual duração.
Foto: Dina Rudick/Globe

Almoçageme


A missa do próximo domingo 23, terá lugar no Quartel – Sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Almoçageme pelas 10h00 - por alma dos Bombeiros, Directores e Sócios falecidos, seguida de romagem  ao cemitério, em virtude das comemorações do seu 117º. Aniversário 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Espiritualidade


Espiritualidade cristã e identidade crente nas culturas juvenis (II): cristianismo e ressurgimento da espiritualidade
No horizonte da espiritualidade cristã está portanto: a) não só tudo o que favorece a abertura humana à busca de sentido, à possibilidade de uma relação com o transcendente, mas ainda b) a concretização dessa busca na relação com Cristo (o homem em quem o transcendente se faz concreto e encarnado, acessível e humanamente partilhável), vivida como processo de transformação pessoal, progressiva e contínua que une a Deus e aos outros, c) uma experiência de comunhão com a Igreja como comunidade crente, d) enquadrada pela Sagrada Escritura e por uma tradição, e) caracterizada por contexto biográfico e temperamental, histórico e sócio-cultural específico, f) um modo ou estilo concreto de viver, de atuar e de relacionar-se consigo, com Jesus e com o mundo (estilo próprio ético-moral de seguimento de Jesus).

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Espiritualidade

Espiritualidade cristã e identidade crente nas culturas juvenis (I): características da cultura
A mutação no sentido do sagrado que se deteta na sociedade contemporânea traz consigo um ressurgimento da abertura à religiosidade, entendida no sentido apresentado por G. Simmel como uma forma pura de religiosidade que não tem de ser necessariamente objetivada numa forma religiosa, como uma qualidade funcional da pessoa. Ela não corresponde, portanto, a uma perda de sensibilidade ou de abertura ao transcendente, ao religioso ou a uma relação com Deus. Não é Deus que desaparece da sociedade nem é o mistério profundo do homem e do mundo que se ausenta da experiência humana. Antes se altera e amplia o quadro de referência em que éfeita a busca de sentido, a crença, a descoberta de Deus, a prática e experiência espiritual e/ou religiosa.

Átrio dos Gentios

Igreja Católica congrega expoentes do pensamento, ciência, política e cultura para debates entre crentes e não crentes
Personalidades portuguesas das áreas do pensamento, ciência e política e cultura, como Eduardo Lourenço, João Lobo Antunes, Olga Roriz e Vasco Graça Moura participam no Átrio dos Gentios, iniciativa que a Igreja Católica promove a 16 e 17 de novembro em Guimarães e Braga. A sessão inaugural do encontro dedicado ao tema “O valor da vida” realiza-se às 18h00 no grande auditório da Universidade do Minho, em Guimarães, com a conferência “Identidade e sentido da vida de um povo”, pelo ensaísta Eduardo Lourenço. Conheça o programa e as personalidades convidadas.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Faz hoje 6 anos entre nós

Parabéns, Pe. José António por mais um ano na nossa Paróquia. Por toda a sua dedicação, que o Senhor o ajude e recompense, com muita saúde, paz e amor.

Destaques da semana

A reunião Catequese familiar: A Família, o trabalho e a festa, marcada para hoje 17-09, ficou adiada para data a anunciar oportunamente.
QUINTA-FEIRA: 21h30- Oração Mariana nas Azenhas do Mar.
SEXTA-FEIRA: Sessão de cinema de temática Espiritual: sobre a vida de “Santa Rita de Cássia”, no CEDCRAM, das Azenhas do Mar às 21h30. 

domingo, 16 de setembro de 2012

D. Manuel Clemente

Portugal em 2030 vai precisar de mais sabedoria, estética e ética
O bispo do Porto considera que dentro de duas décadas Portugal vai precisar de aproveitar melhor a sabedoria dos mais velhos, abrir-se ao estrangeiro e educar os mais novos na estética e na ética. Na intervenção que proferiu esta sexta-feira no encontro “Presente no futuro: os portugueses em 2030”, que decorreu até sábado em Lisboa, D. Manuel Clemente sublinhou que o domínio do conhecimento científico não anula a importância da experiência. «Sabedoria é saber de experiência feito, ou experiência decantada, assimilada e transformada em vida. Requer um tempo que não é logo dinheiro, assim como induz um conjunto de qualidades e virtudes que não estão hoje em alta: prudência, ponderação, memória histórica, considerações humanistas em geral», observou.

D. José Policarpo

Igreja: Cardeal-patriarca «muito preocupado» com Portugal

Lisboa, 15 set 2012 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca de Lisboa afirmou esta sexta-feira que está "muito preocupado com Portugal", numa semana em o Governo anunciou um novo pacote de medidas de austeridade. D. José Policarpo falava aos jornalistas, à chegada para a cerimónia de entrega do Prémio Champalimaud 2012, que decorreu em Lisboa. O também presidente...

sábado, 15 de setembro de 2012

Espiritualidade

  • Nossa Senhora das Dores
    Rememorando com piedade os sofrimentos que por nossa salvação padeceu a Virgem Maria, recebemos de Deus grandes graças e benefícios. E cumprimos um preceito do Espírito Santo: "Não te esqueças dos gemidos de tua mãe" ...

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Mucifal - Nossa Senhora das Dores

 Sábado 15 - Missa às 19h30, seguindo-se a Procissão em honra de Nossa Senhora das Dores.

Critica

Crise: Austeridade é «injusta» e «desonesta», considera Juventude Operária Católica

Lisboa, 14 set 2012 (Ecclesia) – A Juventude Operária Católica (JOC) criticou hoje as novas medidas de austeridade apresentadas pelo Governo e atacou a sujeição de Portugal aos organismos financeiros internacionais, tendo também sublinhado que os católicos devem ser reivindicativos. A JOC “está profundamente chocada” com o plano anunciado...

Henri Teissier, arcebispo emérito de Argel

Na apresentação em Lisboa do seu livro, baseado nas reflexões de um dos monges trapistas assassinados na Argélia, em 1996, o arcebispo emérito de Argel destacou a amizade e a partilha da oração como pontos fundamentais para fortalecer o diálogo islamo-cristão

Diálogo inter-religioso faz-se com amizade e oração (ver mais)

Mundo

Roma

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

"Ide e ensinai"

Jornadas Nacionais de Catequistas
De 5 a 7 de outubro Fátima recebe as Jornadas Nacionais de Catequistas (JNC) 2012. Subordinada ao tema "Da Catequese Familiar à Catequese Intergeracional" as JNC realizam-se no auditório do Centro Paulo VI e marcam a Semana Nacional da Educação Cristã.

Ler mais...

Despertar da Fé 2013
Disponibilizamos, a todos os catequistas, professores e educadores, o programa para 2013 do Despertar da Fé bem como as fichas de inscrições para as ações de formação do novo ano pastoral.
Ler mais...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Arte de pensar

Precisamos de construir o silêncio e reencontrar a «arte de pensar»
Vivemos submersos num mundo de palavras manipuladas, esvaziadas de verdadeiro sentido, desresponsabilizadas. Num mundo de palavras exaustas, exiladas de si mesmas, inflacionadas. O próprio uso que se faz da palavra a desmente e deforma, tornando-a contraditória, ambígua e, por fim, irrelevante. Quando nos ensurdecem tantas vozes e fantasmas, perdemos a capacidade de ouvir a voz interior e de sermos nós próprios. A nossa interioridade é colonizada e tornamo-nos cada vez mais dependentes dos flashes de ideias, imagens e ruídos que se sucedem em nosso redor. Precisamos de contrariar este movimento de demissão, reencontrando uma arte de pensar; recuperando uma atenção mais crítica em relação ao que nos é servido a toda a hora; construindo espaços de distanciamento favoráveis ao silêncio e à reflexão.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Espiritualidade

Viver no aberto de Deus e do mundo (IV) | VÍDEO |
Mesmo no aberto precisamos de um centro. O «pleno vento» não é o nada nem o ninguém. Os labirintos que na Idade Média se construíam no interior das igrejas são a imagem do nosso quotidiano. Podemos bater em muros que nos conduzem a lugar nenhum mas sabemos que estamos chamados à centralidade.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Ideia para férias

Dormir em mosteiros (IV): Balsamão | IMAGENS |
Haverá cinco umbigos do mundo. Um deles é o Monte Morais. O convento de Balsamão, dos Padres Marianos da Imaculada Conceição, está diante dele, ao colo. Uma divina enfermeira, protetora de noivos, será a culpada. Cortemos, então, a respiração, subindo à esplanada e ao miradouro: a Serra de Bornes em redor, os olivais de Chacim ao fundo, as termas da Abilheira em baixo. Se for ao final da tarde, podemos ter a sorte de contemplar um pôr do sol glorioso, de vermelhos e laranjas intensos. Há alternativas, claro: no miradouro da água, o assombro é pelo menos igual ao anterior. E nos claustros apetece ficar apenas a olhar as árvores de fruto ou a cisterna apaziguadora dos sentidos. O lugar, perto de Macedo de Cavaleiros, é assim há muito. No seu diário, o principal inspirador do convento, o padre polaco Casimiro Wyszynski (1700-1755) descrevia: «Temos aqui, cercados pelos rios, campos, pomares, vinhedos, prados, oliveiras e frutas de várias espécies. E nesse monte há florestas, árvores, belos carvalhos.»

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Espiritualidade

Viver no aberto de Deus e do mundo (III) | VÍDEO |
O fariseu olha para a mulher e só vê uma pecadora. Jesus consegue ver muito mais e, sobretudo, consegue ver o gesto de amor, de arrependimento, de desejo que aquela mulher transporta. E por isso é o único a sentir o verdadeiro perfume interior que ela traz. Também nós somos chamados tantas vezes a transcender as aparências, os juízos, as fórmulas, as etiquetas, as receitas, o conhecido, o que temos por estável, os preconceitos, para podermos olhar a história de amor sem palavras que cada pessoa expressa.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Espiritualidade

Viver no aberto de Deus e do mundo (II) | VÍDEO |
«O percurso crente é de abertura àquilo que se escuta no silêncio, ao que se encontra na perda, àquilo que se espera na desesperança e no vazio, ao que se toca na ausência e na experiência do luto e da morte.» A narrativa bíblica de uma moeda perdida que faz toda a diferença é analisada na segunda parte da intervenção do diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, padre José Tolentino Mendonça, na conferência “No aberto de Deus e do mundo”, realizada a 23 de junho de 2012 no Mosteiro das Monjas Dominicanas do Lumiar, em Lisboa. «Importa perceber na nossa vida como estas experiências de abertura são também um chamamento muito forte e muito claro a refazermos o nosso caminho, a acendermos uma luz, a varrermos a nossa casa, a reganharmos um cuidado pelo nosso mundo interior.»

Espiritualidade

Viver no aberto de Deus e do mundo (I) | VÍDEO |
«Por vezes estamos há muito tempo a percorrer um caminho muito claro, com muita convicção e certeza. E de repente esse caminho bem delimitado desagua num espaço aberto, numa clareira onde os contornos não são tão nítidos e as fronteiras estão mais esbatidas. É então que somos chamados a fazer a experiência da diversidade, e a vida torna-se o lugar inesperado do polifónico.» Primeira parte da intervenção do diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, padre José Tolentino Mendonça, na conferência “No aberto de Deus e do mundo”, realizada a 23 de junho de 2012 no Mosteiro das Monjas Dominicanas do Lumiar, em Lisboa.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Paróquia de Colares

Mar de gente a honrar Maria
É a única festa de cariz estritamente religioso que se realiza durante o Verão em Sintra. Há quem diga, também, que é a maior procissão desta zona! A Festa de Nossa Senhora da Praia, que decorreu na...
ver [+] 

domingo, 2 de setembro de 2012

Azoia

Hoje 16h00 missa em Honra de N. Senhora da Saúde

Vocações

Igreja: «É preciso investir muito nas vocações», diz responsável dos Salesianos

Lisboa, 01 set 2012 (Ecclesia) – O responsável máximo da província portuguesa dos Salesianos, congregação católica dedicada à educação dos jovens, considera que a Igreja tem de dar prioridade a estratégias que favoreçam o surgimento de mais padres e religiosos. “É preciso investir muito nas vocações”,...

sábado, 1 de setembro de 2012