domingo, 26 de julho de 2015

Atreve-te! - 17º Domingo Tempo Comum - Pe. Nuno Folgado

video

Desafio
Envolve-te na solução de um problema! Não escondas os teus 5 pães e 2 peixes!

A CHATA NO VII DOMINGO DO TEMPO COMUM- Evangelho de S. João CAP 6, 1-15 -"O PÃO REPARTIDO"

Saudação fraterna em Cristo nossa Páscoa. 
Cá estou, já quase de partida e de final de férias.
Como provavelmente já repararam, neste domingo e, nos próximos 4, vamos interromper o Evangelho de Marcos para lermos e meditarmos no de João.   
Este Capítulo 6, trata da "multiplicação dos pães". Uma passagem cheia de simbolismo, aliás ao hábito de João, em que eu associo à Eucaristia.
Este milagre da multiplicação é o último de três que, para mim, têm uma forte dimensão eucarística, porque implicam : - O vinho - Bodas de Cana (O VINHO NOVO);
- A água - Samaritana  (FONTE DE ÁGUA VIVA); 
- Pão - Multiplicação (PÃO REPARTIDO/COMUNIDADE).
João, chama-nos à atenção para o facto de como Jesus se preocupa com a fome, o que para nós, hoje, é um drama: "É preciso alimentar esta multidão", fazendo lembrar a frase de Jesus no deserto "Nem só de pão vive o homem..."
Hoje Ele diz-nos que é necessário o alimento. O homem precisa do universo e de Deus para obter o seu alimento. Universo, como a chuva, o sol, a água, a terra e de Deus como o eterno Criador de todo o Universo.  Tal como o sacerdote diz na Eucaristia "fruto da bondade de Deus, fruto da terra e do trabalho do homem".
Se Jesus quisesse podia ter feito aparecer o alimento para toda a multidão. Mas Jesus não quis. Quis do pouco que há (5 pães e 2 peixes) fazer muito, porque Jesus quis implicar o pouco que o rapaz tinha. Tal como hoje, Ele quer-nos implicar na PARTILHA! 
Jesus antecipa aqui o gesto que veio a fazer na Última Ceia (primeira Eucaristia). "Tomou os pães, deu graças e distribuiu -os". Sobraram 12 cestas (12 Apóstolos) e mandou os Apóstolos recolhe-las.
Bens distribuídos e partilhados!... UM PÃO QUE NUNCA SE ACABA (PÃO VIVO)....
Acolher, dar graças (abençoar) e repartir!
Este Pão e Vinho, hoje abençoados e repartido ÉS TU, JESUS que constantemente Te dás como Alimento Espiritual a toda a Humanidade! Eu Te adoro!
Senhor dá-nos o Teu  Pão, o Amor e a Vida para podermos ser o fermento evangélico e o sal da terra.
Já de despedida da África do Sul 😃 , fica uma saudação na Paz de Cristo,
ana saldanha (elemento da Equipa Casais Stª Maria/Colares)

sábado, 25 de julho de 2015

A CHATA ...

Olá!  Uma saudação fraterna , com Maria por companhia, daqui destas terras longínquas do nosso Portugal Atrevo-me a chatear-vos com este texto sapiencial moderno, desconhecendo o nome do autor. Aqui vai :

"Reserva tempo para pensar,
porque essa é a verdadeira força do homem. 
Reserva tempo para ler,
porque essa é a base da sabedoria. 
Reserva tempo para rezar, 
porque esse é o maior poder sobre a terra.
Reserva tempo para rir,
porque o riso é a música da alma.
Reserva tempo para dar, 
porque o dia é demasiado curto para seres egoísta. 
Reserva tempo para amares e seres amado, 
porque esse é o privilégio dado por Deus.
Reserva tempo para ser amável, 
porque esse é o caminho da felicidade.
Reserva tempo para viver."

Desculpem lá , mas tinha de partilhar convosco ...
Abraço na Paz de Cristo, ana saldanha (elemento da Equipa Casais Stª Maria/Colares)
(Voei , muito alto, nas asas destes lindos passarolos do KRAGGA KAMMA PARK, na África do Sul... Toquei o céu e pensei no Homem... Pensei em Deus!)

quarta-feira, 22 de julho de 2015

terça-feira, 21 de julho de 2015

Igreja/Sociedade: Vaticano vai reunir autarcas mundiais para debater escravatura e alterações climáticas

Iniciativa da Academia Pontifícia das Ciências Sociais

clima_chaminés_fumo_céu_lusa 
Cidade do Vaticano, 21 jul 2015 (Ecclesia) – O Vaticano vai acolher um simpósio direcionado para a partilha de boas práticas no âmbito da luta contra a escravatura moderna e as alterações climáticas, hoje e esta quarta-feira.

De acordo com a sala de imprensa da Santa Sé, o evento é organizado pela Academia Pontifícia das Ciências Sociais e deverá contar com a participação de cerca de 60 presidentes de câmara, provenientes de algumas das maiores cidades do mundo como "Roma, Paris, Bogotá, Boston, Cidade do México, Oslo e Vancouver”.

Na apresentação do simpósio, o presidente da Academia Pontifícia das Ciências Sociais, D. Marcelo Sánchez Sorondo, vincou o propósito da organização em incentivar os governantes para que “se empenhem em acabar com os abusos, a exploração, o tráfico de pessoas e toda forma de escravatura”.

E porque os mais carenciados e desfavorecidos são também os mais expostos às consequências das alterações climáticas, o objetivo é também mobilizar vontades e políticas em favor da "emancipação dos pobres e dos que vivem em condições de vulnerabilidade”.

“Em síntese, queremos que as nossas cidades e os nossos centros urbanos se tornem cada vez mais inclusivos, seguros, flexíveis e ecologicamente integrados”, completou o bispo argentino.

O simpósio, que vai decorrer na “Casina Pio IV”, do Vaticano, conta também com o apoio das Nações Unidas.

No que diz respeito à participação lusófona, está confirmada a presença de autarcas vindos do Brasil, das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador e Goiânia; e também de Moçambique, país representado pelo presidente da câmara de Nampula.

JCP

FEC anuncia dados do Voluntariado Missionário

900 portugueses dedicam as suas férias à missão

Neste ano de 2015, “276 jovens e adultos realizam projetos de voluntariado missionário em países em desenvolvimento”, enquanto “624 realizam atividades de voluntariado/missão em Portugal”, anunciou a FEC – Fundação Fé e Cooperação, em comunicado. 

Bispos portugueses recebidos pelo Papa em setembro

Os Bispos portugueses ultimam os preparativos para a visita que, em setembro próximo, entre os dias 7 e 12, vão fazer ao Vaticano. “Na última visita 'ad limina', em 2007, surgiu um processo em ritmo sinodal, o 'Repensar Juntos a Pastoral da Igreja em Portugal', que ainda está a decorrer e que envolveu todas as comunidades e dioceses. Isto para dizer que a visita vale em si mesma, mas tem uma preparação e sobretudo uma continuidade. E é por isso que na Assembleia Plenária de novembro haverá um tempo longo para ver algumas propostas pastorais em conjunto, a partir desta visita”, revelou o porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa, padre Manuel Barbosa, no final de uma reunião do Conselho Permanente da CEP, em Fátima.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

A CHATINHA CÁ ESTÁ DE NOVO, VAI DE FÉRIAS, MAS NÃO DÁ FÉRIAS . XVI DONINGO (MARCOS 6,30-34)

OLÁ! Uma saudação fraterna em Cristo Ressuscitado.
A semana passada, falámos em vocações, hoje as leituras falam-nos de pastores.
No Evangelho de Marcos (Mc) há duas frases de Jesus que me fizeram sorrir e a partir delas vou "divagar" um pouco..... para vos CHATEAR! Ora:

1ª- "Vinde comigo para um lugar isolado e descansai um pouco";
2ª- "Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e compadeceu-se de toda aquela gente, que era como ovelhas sem pastor".

Jesus comove-se, Jesus compadecesse.... Jesus ama!
Esta passagem dá-nos conta do regresso dos Apóstolos enviados em missão, nas leituras da semana passada, deixando antever que tinha sido um sucesso. E é neste contexto de alegria e cansaço que Jesus lança o convite: "Vinde comigo.... descansai um pouco". Atitude de Jesus que tantas vezes inspira a nossa! Descansar é bom e faz bem! Aqui, Jesus, aproveita para se afastar da multidão que os persegue e passa, na barca, para a outra margem.
Imaginando uma barca a deslizar sobre o Mar de Tiberíadas, faz-me sorrir, ao recordar como tantas vezes desejamos umas férias do barulho e da confusão para nos saciarmos com o sossego e a paz de uns momentos repousantes e silenciosos que nos abrem a alma ao infinito.... Reencontro de cada pessoa consigo própria e a pacificação do seu espírito! (sempre desejado e quase nunca plenamente alcançado).
Fez-me lembrar a passagem do Gen. sobre a Criação, onde nos é apresentado Deus de "férias": - ao 7º dia Deus descansou. O descanso faz parte da dignidade humana.
"Vinde comigo..." Entrai em mim.... conhecei o Meu coração e depois ide anunciar.
Jesus, hoje, continua a convidar-me, a mim e a ti: vem a Mim, faz as coisas com confiança e serenamente, como se tudo depende-se de ti... Como tudo depende-se de Deus! "Faz tudo o que podes fazer, e depois deixa que seja Deus a fazer todo o resto".
Aceita-nos assim, o Pai, as nossas vidas são frágeis e as nossas energias limitadas, dá-nos a humildade para deixar que Tu faças todo o resto em nós.... que Tu nos preenchas!

Passando à 2ª frase, Jesus, ao chegar à outra margem (mudança), compadeceu-se da multidão! A compaixão de Alguém que ama e não se importa de mudar os Seus planos, renunciando ao repouso.
É assim que Jesus vai ensinando os seus Apóstolos e, a nós também! Primeiro as pessoas, depois os programas! Jesus ensina-nos a olhar os outros, antes de mais, com os olhos de COM-PAIXÃO, ensina-nos a olhar com um olhar terno, simples e humilde para que a esperança nasça continuamente em nós. Tu És o Salvador, nós somos apenas as gotas do Teu oceano de infinito Amor. Disse a Madre Teresa de Calcutá: "É essa gota que pode dar sentido a toda a tua vida". É a tua gota com a minha que faz toda a diferença. São as gotas que somos todos nós, que, na presença do Senhor, faz mover o oceano. Deus assim quer!... Quer precisar de nós!
Quero terminar com uma alusão à 2ª leitura, em que São Paulo (Ef 2, 13-18) nos dá mais uma dica para conhecermos mais e melhor a Pessoa de Jesus: ELE É A NOSSA PAZ.
Uma PAZ que nasce da reconciliação.... Jesus na Cruz reconcilia-nos, não só uns com os outros, mas também com Deus. Por isso a CRUZ do Amor é também um sinal de reconciliação e PAZ, um sinal de vitória da Vida sobre a morte!
Peço a Deus Pai que nos conceda o dom da unidade e da reconciliação e a força para não desistirmos diante as dificuldades diárias.

Termino com um abraço em Cristo,  nosso BOM PASTOR e nossa PAZ, ana Saldanha (elemento da Equipa Casais Stª Maria/Colares)


PS: boas férias para quem parte e... para quem fica bom trabalho! Eu... estou de partida! Mando fotografias a ver se adivinham onde estou

segunda-feira, 13 de julho de 2015

A CHATA DE NOVO NESTE DOMINGO XV DO TEMPO COMUM (EVANGELHO MARCOS Capº 6 VERSº 7A13.) --- SOMOS HERDEIROS DE UM MUNDO NOVO

OLÁ, BOA E SANTA TARDE, COM MARIA POR COMPANHIA!
Cá estou de novo para vos assombrar o Domingo com as minhas "chatices".
Hoje Marcos traz-nos o tema da VOCAÇÃO. Aliás. não só Marcos, mas também o Profeta Amós (Capº 7, 12-15), falando-nos sobre o seu chamamento como profeta de Deus para profetizar junto do povo e também em S. Paulo na Epistola  aos Efésios (Ef 1,3-14) falando-nos da nossa vocação para a santidade.
Penso que posso dizer que a vocação, neste caso, é uma questão de chamamento... audição!
É Deus quem chama, é Deus quem envia. A iniciativa vem sempre da parte de Deus. Nós abrimo-nos interiormente, ou não, a ela.
Jesus marca o ritmo do Seu tempo. Quer que o seu projecto inicie uma nova fase: EM MISSÂO.
É a 1ª experiência missionária comunitária que os Apóstolos vão iniciar (Missão Apostólica).
Na montanha, Jesus escolhe (chama) 12, confere-lhes poder sobre as forças do mal, define o anuncio da mensagem a transmitir e dá instruções claras sobre como se haviam de apresentar e agir.
Jesus envia-os para que sejam o seu prolongamento. Levam como missão o Evangelho a anunciar ao mundo, não só com palavras mas com gestos e obras...
Vão 2 a 2 , com um cajado na mão, sandálias nos pés e a Graça de Deus que é muito mais importante que qualquer alforge ou dinheiro, até que o próprio pão! Na simplicidade... Tal como o Mestre!
Jesus envia-os 2 a 2, talvez para se apoiarem  mutuo, garantir credibilidade ao que venha a acontecer ou ao que dizem. Apenas 2... fazem uma pequena comunidade! É o inicio de uma comunidade maior: A nossa comunidade de hoje, chamada Igreja Católica e Apostólica.
Foi e é, Jesus que assim quer o Seu projecto de caminhada comunitária: 
- A FAMÍLIA ALARGADA DOS FILHOS DE DEUS EM CAMINHADA ! -
E aí vão eles, a pregar o arrependimento, expulsar demónios e curar doentes: Palavras  e Obras que são o ANUNCIO DE UM NOVO REINO! Palavras, de Deus, e obras de alguns que se sentiram chamados e aceitaram colaborar no projecto... E foram! E o mundo não ficou mais como era... O "bichinho" do AMOR estava introduzido e iria germinar! E chega aos nossos dias!
Hoje... Jesus continua a chamar? Jesus chama-me, a mim?! Que quer Ele de mim... hoje... agora? Tal como há 2000 anos, hoje em cada momento, Ele repete-me incessantemente o Seu convite. O meu coração está preparado para aceitar esse desafio? Acredito verdadeiramente naquilo que anuncio?
Como vai a minha disponibilidade, o meu acolhimento, a minha partilha de convicções existenciais, a minha aceitação da Sua Palavra, o  meu testemunho do Seu projecto. 
E os pequenos grandes nadas a que me agarro para calar o Seu chamamento? Senhor , mais uma vez Te peço ajuda-me a rebentar os nós que teimam em sobreviver, dificultando a minha total entrega, o meu sim incondicional (eu tenho sempre tantos ses!) Liberta-me Senhor de tudo o que há de supérfluo em  mim, que ele seja inversamente proporcional à confiança que cresce em Ti (é como escavar o supérfluo para dar lugar à confiança).
Ajuda-nos Senhor, cada um de nós, a aceitar-Te de coração aberto e humilde numa entrega total à missão que a nós confias.
Com um abraço, desejo-vos uma semana vivida com a alegria  na certeza de que temos um Deus que nos Ama.

Com amizade ana saldanha (elemento da Equipa Casais Stª Maria/Colares)

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Faculdade de Teologia UCP e Cáritas Portuguesa - Curso online Pensamento Social Cristão.Memória e Projeto

O mundo em que vivemos está a exigir a todos uma capacidade de reflexão, discernimento e ação que permita ousadia na construção de um futuro diferente. Os cristãos, dispostos a caminhar com toda a humanidade, leem, nesses processos de libertação, sinais do Reino onde habita a justiça e a paz.
Neste sentido, a Faculdade de Teologia, em parceria com a Cáritas Portuguesa, propõe, para todos os que estejam interessados em aprofundar os seus conhecimentos acerca do Pensamento Social Cristão, um itinerário de formação, em regime de eLearning (e com sessões presenciais), que seja capaz de, simultaneamente, promover a reflexão e entusiasmar a participação em processos transformadores.
Gratos por toda a colaboração,
P. José Manuel Pereira de Almeida
Juan Ambrosio
Coordenação


  Para mais esclarecimentos consulte a página www.ft.lisboa.ucp.pt (Ensino a Distância / Pensamento Social Cristão)

terça-feira, 7 de julho de 2015

‘Missas em Lisboa’ disponível em vários idiomas

A aplicação para smartphones do Patriarcado de Lisboa, ‘Missas em Lisboa’, está agora disponível em Inglês, Francês, Italiano e Espanhol. A versão em vários idiomas vem responder à crescente procura da cidade de Lisboa como destino turístico. “Chegar a todos é também chegar a quem visita a cidade de Lisboa. Procuramos estar próximos...

A CHATA CHEGA ATRASADA PARA CONVERSINHA DE FIM DE SEMANA! (XIV DOMINGO DO TEMPO COMUM DO CALENDÁRIO LITÚRGICO)

OLÁ AMIGOS! VOLTEI! Não continuei de férias em Porto Santo..... que pena! ... Mas também é bom saborear o trabalho e sobretudo, rever as pessoas que nos são queridas! Cada momento da nossa vida tem coisas boas e menos boas, cabe-me a mim superar as menos boas e recicla-las em melhores, o que não é o caso. Por isso estou na mesma "feliz" e pronta para retornar o meu dia a dia.
Prometo que hoje vou ser breve.... (difícil, eu sei!).

Vou apenas reter-me em duas frases que são:
1- "De onde Lhe vem toda a sabedoria" - perguntavam entre si os habitantes de Nazaré (local onde Jesus passou a sua infância, adolescência e parte da vida adulta).
2- "Estava admirado com a falta de fé daquela gente" - Assombro de Jesus perante a incredulidade  daqueles seus companheiros diários.

Que sucedeu a esta gente que tanto tempo lidou com Ele? Nunca tinham reparado n'Ele? Como Messias, Filho de Deus portador de uma mensagem?!
Inicialmente as Suas Palavras e atitudes trazem algo de novo aos nazarenos, no entanto não deixam de se questionar. Por isso perguntam entre si, se não era Jesus, o carpinteiro, o que tinha Ele de diferente, pois era como um deles, que novidade era esta?
É o conflito que, tantas vezes também surge entre nós, entre o quotidiano e a profecia!
Que um profeta seja um homem extraordinário, certo! É isso que esperamos: um no meio de nós! Mas... Esta profecia vinha de um Homem sem cultura saída da oficina de um carpinteiro. Era o profeta da porta ao lado, o vizinho! Para eles impossível!
Quantas vezes Senhor te procuro no alto? Pastor das constelações no infinito dos céus, quando Tu, antes pelo contrário, estás de joelhos no chão, com a bacia cheia de água para me lavares os pés!.. E, nem sempre te reconheço e por isso digo: mas donde vem este armado em esperto? Mas... o Espírito Santo desce precisamente no quotidiano dos nossos dias... e eu, não O reconheço!
Diz o Evangelho (Marcos 6,1-6): "Ficaram perplexos a Seu respeito". O que os escandaliza? E a nós? Escandaliza-nos a humanidade de Jesus, a sua proximidade... gosta de estar connosco, por isso Se fez um de nós. É esta bela notícia que o Evangelho nos dá: "Deus encarna nas coisas comuns da vida" (ouvi esta frase a um professor, no seguimento de uma aula e não a esqueci, porque penso que vive-la (tento!),  faz parte do meu itinerário).
Sinto que, para AMAR CRISTO, tenho de AMÁ-LO na Sua totalidade: Divino e Humano, o que para mim, vezes sem conta, é muito difícil!
Quero poder descobrir cada fragmento de humano, todas as emoções humanas: a relação de Jesus com as crianças, com os amigos, com o sol, as flores, o vento, com o mar, as gaivotas... Descobrir e redescobrir Jesus no Evangelho... da vida!
A resposta de Jesus às rejeições dos seus conterrâneos não é feita de recriminações , de condenação. Pelo contrário, diz-nos Marcos, no final do Evangelho, que Jesus" não podia ali fazer milagres" e logo a seguir corrige, dizendo que voltou a trás e "curou alguns doentes impondo-lhes as mãos".
É assim o nosso Jesus, rejeitado continua a AMAR e cura, mesmo poucos! Os que tem fé! O nosso Deus não alimenta rancores, CONTINUA SEMPRE A DAR SINAIS DE VIDA!
Apenas mais uma coisinha. O Evangelho começa assim:" Naquele tempo Jesus dirigiu-se à sua terra, "Hoje... dirige-se a mim e a ti! Quer acampar no nosso coração!
Às vezes duvidamos de Ti... avaliamos as pessoas pelas aparências... Ajuda-nos Senhor a ter presente, nas nossas atitudes diárias o Teu exemplo, amando à Tua semelhança.

Saudações fraternas na Paz de JESUS CRISTO, nossa Pascoa, com Maria nossa companhia de caminhada,

ana saldanha (elemento da Equipa Casais Stª Maria/Colares)

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Semana de Verão desafia rapazes

O Seminário de São José de Caparide organiza, de 19 a 26 de julho, a Semana de Verão, dirigida a rapazes.

“A Semana de Verão destina-se a rapazes que terminaram agora o 11º ano, ou universitários, que queiram, numa experiência de vida em comunidade, aprofundar os sinais da sua vocação e viver um tempo de oração, reflexão, partilha e convívio”, revela um comunicado.
Este ano, a Semana de Verão tem como lema ‘5 pães e 2 peixes’. “Queremos aprofundar a vocação, olhar os sinais do chamamento e discernir a possibilidade de uma resposta que nos leve a multiplicar a nossa vida ao serviço da Igreja”, acrescenta a nota, enviada na passada semana aos párocos do Patriarcado de Lisboa.

Informações: 214649850 ou http://seminariodecaparide.weebly.com 

domingo, 5 de julho de 2015

iVangelho 05 Julho | De Borla! - 14º Domingo Tempo Comum (Ano B)

Naquele tempo, Jesus dirigiu-Se à sua terra, (...) Quando chegou o sábado, começou a ensinar na sinagoga. Os numerosos ouvintes estavam admirados e diziam: «De onde Lhe vem tudo isto? Que sabedoria é esta que Lhe foi dada e os prodigiosos milagres feitos por suas mãos? Não é Ele o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? E não estão as suas irmãs aqui entre nós?». E ficavam perplexos a seu respeito. Jesus disse-lhes: «Um profeta só é desprezado na sua terra, entre os seus parentes e em sua casa». E não podia ali fazer qualquer milagre; (...) (Mc 6, 1-6)
video

Desafio-te:

Acolhe com gratuitidade a boa notícia do Evangelho! Anuncia a Boa Nova do Evangelho onde quer que estejas!

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Quinta e Sexta-Feira 1ªs do Mês

- QUINTA-FEIRA: 1ª do Mês. Oração Vocacional, no Mucifal às 18h00.

- SEXTA-FEIRA: 1ª do Mês. Adoração ao SS.mo Sacramento e confissões em Colares às 18h00 e Missa às 19h00.

INTENÇÕES DO PAPA FRANCISCO PARA JULHO

Universal: Política e caridade
Para que a responsabilidade política seja vivida a todos os níveis como uma forma elevada de caridade.

Pela Evangelização: Os pobres na América Latina
Para que, diante das desigualdades sociais, os cristãos da América Latina dêem testemunho do amor pelos pobres e contribuam para uma sociedade mais fraterna Ver mais.